InícioEsporteEm duelo marcado pelo equilíbrio no primeiro tempo, Fúlvio dá 17 assistências...

Em duelo marcado pelo equilíbrio no primeiro tempo, Fúlvio dá 17 assistências e comanda dura vitória do Brasília sobre o estreante Caxias do Sul fora de casa

Nesta quarta-feira, o UniCEUB/BRB/Brasília estreou na temporada 2015/2016 com uma grande vitória. Mesmo diante de um Ginásio Vasco da Gama, em Caxias do Sul (RS), completamente tomado, a equipe do técnico José Vidal se sobressaiu no segundo tempo e levou a melhor sobre o “caçula” Banrisul/Caxias do Sul Basquete, fora de casa, pelo placar de 91 a 82.

O cara: Logo na estreia do Brasília na competição, o armador Fúlvio mostrou que está disposto fazer uma grande temporada e viveu uma noite de gala no Ginásio Vasco da Gama. Com expressivas 17 assistências, o camisa 11 da equipe candanga ainda ficou a quatro passes decisivos de igualar seu próprio recorde histórico do NBB, que é de 21 servidas, estabelecido na temporada 2011/2012, quando defendia o São José.

Fala aí: “Jogo de estreia é sempre difícil. Nós começamos afoitos, com muitos erros. Mas o time é experiente e soube equilibrar as ações ao longo da partida. É muito importante começar o campeonato com uma vitória. O entrosamento melhorou ao longo da pré-temporada, mas o ritmo de jogo está aquém do que podemos produzir”, declarou Fúlvio.

“Foi uma vitória importante na estreia, pois jogamos contra um time aguerrido e com o ginásio lotado. Nossa equipe não começou muito bem, mas depois conseguiu impor o ritmo, abrindo vantagem no terceiro quarto e segurando o resultado na sequência”, comentou o ala/pivô Guilherme Giovannoni, do Brasília, que anotou 21 pontos, apanhou oito rebotes e deu duas assistências.

“Não tivemos uma boa atuação, principalmente no último quarto. Mas a equipe demonstrou tranquilidade nos momentos importantes do jogo e conseguimos uma boa vitória. Precisamos continuar evoluindo”, explicou o técnico do Brasília, José Vidal.

“Era possível ter feito mais, fizemos um terceiro quarto muito ruim. Mas, no último nós melhoramos, mostramos que temos uma boa defesa”, avaliou o ala Alex Oliveira, do Caxias, cestinha da partida, com 29 pontos.

Da redação da Folha de Brasília, com Ascom

Mais populares