InícioEsporteO Brasil de TITE , sem laterais, foi medroso

O Brasil de TITE , sem laterais, foi medroso

Modric tomou conta do jogo O camisa 10. Cá entre nós, que grande jogador vimos jogar. Mesmo com idade avançada, ocupou todos os lugares do campo e regeu a sua seleção como um maestro.

A Croácia jogou também sem medo, com arrojo, com seu espetacular meio campo, o camisa 11 (Brozović) como volante, o 8 (Kovačićc) como carregador de piano, e assim propôs o jogo, de igual para igual, sem nenhum complexo de inferioridade como também fazia a antiga Iugoslávia. É assim que esse país, tradicionalmente sempre jogou apoiado na habilidade e técnica de seus jogadores. O lateral 22 (Juranovic) atropelava pelo lado direito. Me lembro do meu amigo e craque Otávio de Oliveira Jr que também avançava pela direita, porém arrematava mais ao gol , com chute muito forte , a lá Nelinho.

O técnico TITE, confiou no seu “esquema engessado”, baseado na hierarquia de suas convocações e jamais elaborou outras opções táticas como, por exemplo, abrir mão de laterais que não ultrapassam (Danilo e, Militão (este jogou muito, e vamos esperar as explicações do porquê foi retirado do jogo).

O Brasil não pode jogar uma copa do mundo com 2 zagueiros nas laterais. Já que TITE não soube convocar laterais de origem, poderia ao menos trazer inovações, como um esquema 3,5,2 testando outros pelo lado de campo.Tite poderia, por exemplo, deslocar outros jogadores como Rodrygo para jogar pelos lados. Nada foi feito.

Danilo nunca “teve bola” para jogar na seleção brasileira nem como zagueiro, nem com meio campista e nem tão pouco como lateral. Tite ficou sem opções porque nunca criou alternativas e sempre teve dificuldades em arriscar outras opções táticas.

E assim, o jogo foi jogado, com o Brasil criando chances e a Croácia, sempre mais organizada no seu esquema tático, provocava o Brasil com o seu controle de bola.

Então apareceu Neymar. No primeiro tempo da prorrogação, com muita categoria e técnica partiu para driblar o goleiro e decidir o jogo. Neymar, que não jogou muito nesta copa, metade do seu futebol, havia decidido o jogo.

Tudo certo. Tudo certo como 2 e 2 são cinco. Faltando 5 min, o Brasil vai ao ataque incluindo uma saída sem propósito do Danilo, Fred mal, e não fizeram uma falta básica para matar o contra-ataque da Croácia.

Pênaltis.O Brasil fora da copa.

 Perdeu Tite, com o seu time medroso e engessado!

Que bom ver jogar um time técnico, sem medo como jogava a antiga Iugoslávia.

Tite já saiu ! Que venha o Guardiola!

João Henrique Padula , ex jogador de segunda divisão do futebol paulista.

Mais populares